18
Set 08

 

Cansados da administração do republicano George Bush, a expectativa é que os americanos elejam, desta vez, um democrata. E a mudança tem um nome - Barack Obama que depois da vitoria interna sob Hillary Clinton, reune agora forças para derrotar o republicano John McCain.

 

Obama o senador negro, filho de imigrante do Quénia é um fenómeno político que se mostrou capaz de mobilizar estudantes universitários e jovens em geral no processo eleitoral, o que não aconteceu nas últimas eleições. Defende que os EUA comecem, já em Março,a retirar as tropas do Iraque, e parem com as práticas incompreensíveis de "embarcar prisioneiros no escuro da noite para serem torturados em países distantes, e deter milhares sem acusações ou julgamento, mantendo uma rede de prisões clandestinas fora do alcance da lei".

 

Ele fala em encontrar parceiros para extinguir as forças da Al Qaeda, e pressionar Iráo e Síria a abandonar suas políticas de armamento nuclear. Não descarta, porém, o uso da força militar e acções unilaterais, caso necessário defende um envolvimento mais forte no Médio Oriente e Ásia, de preferência com apoio internacional. Defende, também, apoio (económico, político, educacional) às forças moderadas do islamismo, para contrapor, com esperança, o medo alimentado pelos radicais.

 

Tornou-se assim a esperança de muitos americanos, o desejo de mudança e a oportunidade no nascimento de um mito. Cai sobre ele ate este momento a preferência dos americanos independentemente da sua posiçao social ou faixa etária.

 

É de facto mais uma novela a americana, que espero não tenha o mesmo desfecho da de John Kennedy e da de Martin Luther King.

 

Pachecokbk às 23:07
tags:

Setembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
12
13

14
15
16
17
20

21
22
23
24
26
27

29


RSS
2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO